Patricia Barbosa

Patricia Barbosa

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Vamos compartilhar um pouco sobre fé, nestes dias atribulados que temos vivido, diante de tantas circunstâncias hostis que passamos, não existe melhor cenário para desenvolvermos uma fé sólida e consciente, uma confiança absoluta em Deus, uma fé que se torne o alicerce de toda nossa existência, e nos torne pessoas dignas que vivem acima da mediocridade.
Bom é ser semelhante a uma criança, que em seu íntimo não há maldade, ódio, inveja, no universo infantil não cabe os maus projetos da mente adulta, mas sinceridade e ternura.

Disse Jesus: Vinde a mim as criancinhas.

"Deixai vir a mim as criancinhas e não as impeçais, pois o reino de Deus é daqueles que se parecem com elas. Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criancinha nele não entrará." (Lucas 18: 16-17)


 
A religião condena, Jesus liberta. Ao analisarmos textos bíblicos podemos perceber que pessoas revestidas de religião, só sabem defender as regras da mesma. A religião cega e nos faz acreditar que pela força de vontade e cumprimento das doutrinas podemos alcançar o coração de Deus, e pior ainda, nos sentimos no direito de julgar o próximo.
Não quero dizer com isto que devemos viver sem limites, porém Deus, nosso criador, sabe perfeitamente o que devemos fazer e como devemos agir para sermos felizes, e Ele nos deixa claro. Portanto as pessoas destorcem a palavra do Pai, adéquam a Bíblia a forma em que vivem.

Bom é andar com Jesus sem nenhum preconceito, guiados pelo Espírito Santo, o adorar de verdade, sermos casa de Deus, morada do pai.
É muito fácil nos tornarmos um religioso, contudo vamos nos atentar para não nos cegarmos com o saber tabelado, e virarmos defensores de teses, que não nos levarão a lugar algum.

A única tese que nós, cristãos, devemos defender até o fim é o que diz em João 3:16:

"PORQUE DEUS AMOU O MUNDO DE TAL MANEIRA QUE DEU SEU FILHO UNIGÊNITO, PARA QUE TODO AQUELE QUE NELE CRÊ NÃO PEREÇA, MAS TENHA A VIDA ETERNA"

A Bíblia nos esclarece como iremos alcançar o céu, e isto só acontecerá verdadeiramente para os que crêem e seguem o autor da vida: JESUS!
Usemos os instrumentos que Deus nos deu para auxiliarmos uns aos outros, você tem coisas para me ensinar, e eu também posso te ensinar outras, unamos nossas forças em prol do reino dos céus. Assim como as crianças brincam, interagem e se descobrem entre si, façamos igual e as tomemos como exemplo de sociedade Cristã.

Do que adianta correr incessantemente em busca de glórias terrenas e se autodenominar correto, cristão, quando se deixa de lado a prática bíblica, quando se aponta o defeito do semelhante esquecendo-se de amar uns aos outros.
Se não nos aproximarmos o máximo possível das características de uma criança, jamais teremos acesso total a Deus, seremos mais um religioso. Não se pode ser sal da terra e luz do mundo se nos igualamos à massa, que vive um mundo de guerra entre religiões. O verdadeiro Cristão faz a diferença em meio à multidão.

"Ser criança é acreditar que tudo é possível.
É ser inesquecivelmente feliz com muito pouco
É se tornar gigantes diante de gigantescos pequenos obstáculos
Ser criança é fazer amigos antes mesmo de saber o nome deles.
É conseguir perdoar muito mais fácil do que brigar.
Ser criança é ter o dia mais feliz da vida, todos os dias.
Ser criança é o que a gente nunca deveria deixar de ser."
(Gilberto dos Reis)



Ser criança é ser imagem e semelhança de Cristo Jesus!

Patrícia Barbosa.




 

2 comentários: